Educação de surdos e LIBRAS

    Boas vindas
  • Bem-vindo(a) ao curso Educação de Surdos e LIBRAS!
    • Mensagem para você
    • Cronograma
  • Apresentação
  • Aula 01 - Abertura e apresentação do curso
    Grátis
    • Descrição do curso
    • Currículo - Professora Edeilce Buzar
    • Live de lançamento do curso
    • Slides da live de lançamento do curso
    • Apresentação Edeilce
    • Apresentação - Jeff
    • Apresentação Virgínia
  • Módulo I
  • Aula 02 - Exibição de documentário
    • Sou surdo e não sabia
    • Fórum de discussão
  • Aula 03 - O que são línguas de sinais?
    • O que são Línguas de Sinais?
    • Alfabeto manual
    • Números
  • Aula 04 - Estrutura Linguística e Libras
    • Estrutura linguística e Libras
  • Aula 05 - Identidade de ser professor e inclusão escolar
    • Identidade de ser professor e inclusão escolar
  • Aula 06 - 2º Diálogo em Libras - Vocabulário - Gramática: Pronomes pessoais e exercícios
    • 2º diálogo em Libras - Vocabulário
  • Aula 07 - Aspectos históricos da educação de surdos
  • Aula 09 - Educação de surdos no contexto de Brasil
  • Aula 10
  • Aula 11
  • Aula 12
  • Módulo II
  • Aula 13
  • Aula 14
  • Aula 15
  • Aula 16
  • Aula 17
  • Aula 18
  • Aula 19
  • Aula 20
  • Aula 21
  • Aula 22
  • Aula 23
  • Módulo III
  • Aula 24
  • Aula 25
  • Aula 26
  • Aula 27
  • Aula 28
  • Aula 29
  • Aula 30
  • Aula 31
  • Aula 32
  • Aula 33
  • Aula 34
  • Aula 35
  • Aula 36
  • Encerramento
  • Encerramento
  • CERTIFICADO
    • Instruções para emissão do certificado

Descrição do curso

De acordo com o Decreto 5626/05, considera-se pessoa com deficiência auditiva, aquela que possui perda bilateral, parcial ou total, de quarenta e um decibel (dB) ou mais, aferida por audiograma nas frequências de 500Hz, 1.000Hz, 2.000Hz e 3.000Hz. E pessoa surda, aquela que, por ter perda auditiva, compreende e interage com o mundo por meio de experiências visuais, manifestando sua cultura principalmente pelo uso da Língua Brasileira de Sinais - Libras.

Nesse sentido é importante destacar que, a Libras é o meio de comunicação e expressão das comunidades surdas do Brasil e foi reconhecida no dia 24 de abril de 2002, por meio da Lei nº 10.436 e regulamentada pelo decreto citado anteriormente. Esta língua se processa em uma modalidade viso-espacial, diferentemente da língua oral, que se processa em um canal oral-auditivo. No entanto, possui todas as características presentes em uma língua, como aspectos fonológicos, morfológicos, sintáticos, semânticos e pragmáticos. 

Para as pessoas surdas que utilizam a Libras, esta assume posição de primeira língua. Com o processo de inclusão escolar, os estudantes surdos têm se matriculado nas escolas regulares, mas se deparam com um ambiente acadêmico estruturado para estudantes ouvintes. A inclusão escolar para pessoas surdas evoca um ambiente linguisticamente adequado, que promova a identidade e a cultura surda. Nesse sentido, a primeira língua a ser ofertada é a Língua Brasileira de Sinais (Libras), considerando que se desenvolve em uma modalidade visuoespacial. 

No entanto, as pessoas surdas ainda carecem de profissionais que lhes possibilitem acessibilidade linguística nos diversos âmbitos, ou seja, que saibam se comunicar em Libras e tenham conhecimento da singularidade visuo-espacial e da educação dos sujeitos surdos. 

Um dos grandes obstáculos a essa mudança de perspectiva encontra-se na formação, seja inicial ou continuada. Nesse sentido, a oferta de um curso de Libras, além de atender a um preceito legal, possibilitará ao aluno adentrar eixos como inclusão, acessibilidade e diversidade linguística e cultural a partir da perspectiva de uma minoria linguística e praticar a língua brasileira de sinais.

Desta forma, este curso busca discutir a formação do professor articulada às especificidades de aprendizagem dos alunos surdos, aprofundar a compreensão dos modos de aprendizagem destes alunos e promover o conhecimento das habilidades básicas expressivas e receptivas em Língua Brasileira de Sinais (Libras). 

O referido curso encontra-se referenciado teoricamente e praticamente em autores como Ana Claudia Balieiro Lodi, Adriana da Silva Thoma, Carlos Skliar, Celeste Kelman, Cristina Broglia Feitosa de Lacerda, Edeilce A. S. Buzar, Fernando César Capovilla, Gladis Perlin, Karen Strobel, Lodenir Karnopp, Maura Corcini Lopes, Messias Ramos do Nascimento, Nídia Limeira de Sá, Ronice Müller de Quadros, Sandra Patrícia Farias de Nascimento, Tânia Felipe, dentre outros.

Categoria: Educação

Informações gerais

Objetivo

O curso visa oferecer aos participantes elementos fundamentais da educação de surdos e desenvolver habilidades básicas (expressivas e receptivas) em Língua Brasileira de Sinais (Libras), a fim de promover a competência discursiva, gramatical e sociocultural em educação de surdos e Libras. 

Objetivos específicos: 

  • Construir um repertório teórico a respeito das comunidades surdas enquanto minoria linguística, sua cultura e sua educação, a partir de referencial científico da área;
  • Aprofundar conceitos e teorias a respeito do modo peculiar de aprendizagem da pessoa surda;
  • Adquirir habilidades específicas de expressão e recepção em Língua de Sinais Brasileira (Libras), por meio de orientações didáticas e linguísticas, assim como, videoaulas teóricas e práticas a respeito da gramática desta língua.
  • Produzir textos visuais em Libras, valorizando e considerando os aspectos gramaticais da Libras, conforme estudos linguísticos da língua.

Público-alvo

  • Estudantes de graduação e pós-graduação; 
  • Professores da Educação Básica interessados na temática; 
  • Público em geral que se interessa pela temática da educação de surdos 

Obs: Não é necessário ter conhecimento prévio em Libras.

              Metodologia

              O curso será desenvolvido de forma a abordar primordialmente aulas práticas, mas também teóricas, utilizando práticas dialógicas, exercícios e fundamentação a respeito da educação de surdos. As videoaulas serão expositivas, com exibição de filmes, exposição de diálogos em Libras, histórias de vidas surdas, apresentação de visitantes, fóruns, estudo da gramática da Libras e estudo do vocabulário de cada temática.

              A equipe de acompanhamento está composta por três pessoas: 

              • Profa. Dra. Edeilce Aparecida Santos Buzar – docente responsável pelo curso;
              • Virginia Comenalle (Monitora) – responsável pela filmagem dos vídeos;
              • Jeff Jefferson (Monitor) – responsável pela filmagem dos vídeos.

              Material de apoio: 

              • Cronograma das aulas; 
              • Lives com aulas expositivas e teóricas sobre temáticas relacionadas ao curso e atualizações; 
              • Videoaulas teóricas e práticas sobre educação de surdos e Libras; 
              • Slides em PDF utilizados nas aulas expositivas e teóricas; 
              • Livro digital com teorias científicas a respeito da educação de surdos e Libras;
              • Conteúdos práticos em formato de videoaulas com diálogos e apresentações em Libras; 
              • Exercícios escritos para treinar habilidades em Libras; 
              • Artigos científicos de apoio; 
              • Indicações bibliográficas complementares.

              Certificado

              Certificado de CURSO LIVRE emitido pela Rede Pedagógica, autorizado por Lei (artigo 7º da Lei nº 9.394/96).

              Essa autorização permite que as instituições de ensino livre disponibilizem cursos a nível profissionalizante de forma a prepararem o candidato para o mercado de trabalho.

              O aluno poderá usar o certificado de conclusão para diversos fins:

              • Para atualizar o currículo e obter maiores chances de conquistar um emprego;
              • Para aumentar as chances de ascensão de cargo no emprego atual;
              • Para completar horas extracurriculares exigidos em faculdades;
              • Para apresentar como prova de títulos em Concursos Públicos ou em processo seletivo simplificado;
              • Para progressão funcional para Servidores Públicos;
              • Para apresentar com pré-requisito em cursos e concursos.

              Professores

              Profª Drª Edeilce A. S. Buzar - Pedagoga e Psicóloga especialista em educação de surdos e Libras e em atendimento psicoterapêutico de pacientes surdos, principalmente aqueles com sofrimento psíquico grave. Compreende a surdez por meio de uma perspectiva socioantropológica, na qual a Libras adquire lugar de centralidade, tanto no que diz respeito ao trabalho pedagógico, quanto ao psicológico.

              Conhecimento onde estiver
              com apenas um toque.

              Matricule-se agora


              INSCREVA-SE